CGE realizará auditoria nas atividades do TCE

7 de Maio de 2018 # # #

A equipe responsável foi apresentada hoje para o presidente do Tribunal

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE) apresentou, nesta segunda-feira (07), a equipe de auditores responsável pela condução da atividade de auditoria referente aos projetos do Programa para Resultados (PforR) e do Projeto São José III, ambos financiados pelo Banco Mundial, nos quais o Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) figura como beneficiário/executor.

A equipe de auditores foi acompanhada pelo secretário de Estado Chefe da CGE, Flávio Jucá, e pela articuladora da Coordenadoria de Auditoria Interna Governamental da CGE, Isabelle Camarão, que fizeram a apresentação formal dos auditores ao presidente do TCE, Edilberto Pontes.

“Entendo que essa auditoria que estamos iniciando no TCE é algo inovador no âmbito das atividades de controle no país: uma corte de contas estadual auditada por um órgão de sua jurisdição. A ideia é fruto de uma parceria entre a CGE, o Banco Mundial e o TCE, que juntos buscam fortalecer os órgãos de controle, ampliando suas atividades e garantindo mais autonomia na busca pela boa aplicação dos recursos públicos”, destacou o secretário de Estado chefe da CGE, Flávio Jucá.

A equipe é composta pelo auditor Alex Lins, sob a orientação do auditor Carlos Lopes e a coordenação da auditora Isabelle Camarão. O grupo atenderá às exigências do Banco Mundial no acompanhamento dos programas financiados pela instituição.

As atividades de auditoria iniciaram nesta segunda-feira (07), oportunidade em que a equipe recebeu os documentos relativos às aquisições efetuadas pelo TCE no exercício de 2017, no âmbito dos projetos mencionados, assim como os correspondentes processos de pagamento, para dar início aos trabalhos.