EnglishFrenchPortugueseSpanish
EnglishFrenchPortugueseSpanish

Ouvidoria participa de eventos na Capital e Interior

15 de outubro de 2009 - 03:00

Equipe da Ouvidoria participou de eventos em Fortaleza, Canindé, Pedra Branca, Trairi e Barbalha.

As equipes da Ouvidoria Geral do Estado têm participado de uma série de eventos desde o fim do mês passado e durante todo o mês de outubro, não apenas em Fortaleza, mas também no interior cearense. Uma das primeiras participações da equipe de ouvidores aconteceu na cidade de Canindé, durante os festejos em homenagem a São Francisco, padroeiro daquele município, que aconteceram do dia 24 de setembro, até o dia 4 deste mês. Durante o período, três servidores da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) estiveram trabalhando de 8 às 20 horas, para atender às demandas da população daquela cidade ou de quem para lá se dirigiu, objetivando cumprir suas promessas, agradecer às graças alcançadas ou fazer novos pedidos a São Francisco. Durante o período ocorreram 14 atendimentos, cujos relatórios foram encaminhados aos respectivos órgãos da estrutura governamental.

Logo no dia seguinte, os profissionais que trabalham na Ouvidoria seguiram para as cidades de Barbalha, Pedra Branca e Trairi, acompanhando a caravana do programa Governo do Estado na Minha Cidade (Governo Itinerante). Na primeira cidade eles atenderam a quatro demandas, nove na segunda e outras oito na terceira. Mas além destes eventos, a Ouvidoria participou também de duas ações na Capital cearense: A Semana Mundial da Alimentação, dia 16 deste mês, na Praça do Ferreira, e Congresso Cearense de Gestão Pública, realizado entre os dias 19 e 20 últimos, no Hotel Vila Galé, na Praia do Futuro. No evento ocorrido na Praça do Ferreira aconteceram 19 atendimentos e no da Praia do Futuro, outros quatro. “A Ouvidoria tem procurado desenvolver ações nos mais variados locais e participando de diversos eventos, conforme as determinações do governador Cid Gomes. Estamos ouvindo os cidadãos cearenses onde quer que eles estejam”, destacou o ouvidor Geral, Aloísio Carvalho.