EnglishFrenchPortugueseSpanish
EnglishFrenchPortugueseSpanish

CGE comemora o Dia do Auditor de Controle Interno

23 de novembro de 2009 - 03:00

Quem abriu as comemorações foi a conselheira do TCE, Soraya Victor, que ressaltou a importância dos profissionais de controle interno da CGE
 

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) comemorou o Dia do Auditor de Controle Interno no último dia 20 deste mês, durante uma solenidade realizada na Sala Barlavento do Iate Plaza, no Mucuripe. O evento aconteceu no período da tarde, logo após a realização do III Encontro Estadual de Auditores de Controle Interno e, antes da abertura, foi realizada uma apresentação do Coral da Seplag, que entoou três músicas, sendo bastante aplaudido. A mesa foi composta pelo controlador Geral do Estado, Aloísio Carvalho; a controladora adjunta, Silvia Helena Correia; o presidente da Associação dos Auditores de Controle Interno do Estado do Ceará (AACI), Ítalo José Brígido Coelho; a conselheira do Tribunal de Contas do Estado, Soraya Victor, e a psicóloga Sylvia Acário, que ministrou uma palestra sobre Inteligência Emocional.

Quem abriu as comemorações foi a conselheira do TCE, que ressaltou a importância dos profissionais de controle interno da CGE, pois cabe a eles a árdua missão de fiscalizar as contas de todos os órgãos e entidades ligadas à administração estadual. “São pessoas que têm um dia a dia de trabalho desgastante, mas de fundamental importância na estrutura governamental”. Já o titular da CGE destacou o respeito e admiração que tem por todos os auditores e auditoras de controle interno. “Todos desempenham um papel importantíssimo para a sociedade, que é a fiscalização da aplicação dos recursos públicos”, asseverou Aloísio Carvalho.

Quem também fez uso da palavra foi o presidente da AACI, que inicialmente afirmou que a categoria reivindica uma maior valorização do seu trabalho e melhoria salarial. Mas foi enfático ao se referir aos seus colegas de profissão como pessoas extremamente dedicadas e competentes em relação ao trabalho que desempenham. “Mas esses profissionais precisam ser valorizados, a fim de que evitemos que sejam levados para outros órgãos ou empresas, atraídos por melhores salários”, disse.

Já a psicóloga Sylvia Acário falou sobre a importância das pessoas terem autopercepção, autoavaliação e autoconfiança. Sendo que este último item não deve significar arrogância ou prepotência. “Mas ele é muito importante em todos os momentos de nossa vida, pois pode garantir excelentes oportunidades”. Ela lembrou, ainda, que todos devem ter autocontrole e merecer confiança, especialmente os gestores, que devem ser líderes. “Mas para isso é preciso ter influência e bons argumentos. Pensem e depois busquem caminhos para trabalhar as suas competências emocionais. Às vezes não fazemos, porque achamos que não podemos. O pior inimigo somos nós mesmos, que nos achamos incapazes de determinadas ações, de encarar desafios”, destacou Sylvia Acário.