EnglishFrenchPortugueseSpanish
EnglishFrenchPortugueseSpanish

Discussão sobre Transparência e Controle Social reúne cerca de 1350 pessoas em Fortaleza

17 de abril de 2012 - 03:00

Primeiro dia da etapa estadual da Consocial contou com a palestra do ex-governador Ciro Gomes

“É preciso aperfeiçoar a legislação para que tenhamos mecanismos para punir os malfeitos de gestores que não cumprirem com a boa aplicação dos recursos públicos”. A frase foi proferida pelo ex-governador do estado Ciro Gomes, durante palestra de abertura da 1ª Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social – 1ª Consocial, que teve início na manhã desta terça-feira (17), no Centro de Convenções do Ceará. Com a participação de aproximadamente 1350 pessoas, a Conferência cearense é a última e a maior das Conferências estaduais realizadas no país, antes da etapa nacional, que acontece em Brasília de 18 a 20 de maio.

Ciro Gomes palestrou sobre transparência e controle social pela perspectiva política. “Precisamos ter uma visão mais holística sobre transparência e controle social. É preciso se desfazer desta visão fragmentada, em que existe o lado dos “bons” e dos “maus”. Temos que saber separar o joio do trigo”, alertou.

Além do ex-governador e palestrante da Conferência, Ciro Gomes, estiveram presentes na solenidade de abertura o Vice-Governador e presidente da Conferência, Domingos Filho, o Controlador e Ouvidor Geral do Estado e vice-presidente da Conferência, João Melo, o Controlador Geral do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Luiz Mário Vieira, o presidente da União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), Deusinho Filho, o coordenador-executivo nacional da 1ª Conferência Nacional, Fábio Félix, o deputado federal Artur Bruno, o Secretário da Saúde, Arruda Bastos, o Secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, a presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Eliene Brasileiro e o prefeito do Cedro, João Viana.

O Controlador João Melo iniciou sua fala ressaltando a iniciativa do vice-governador de realizar as conferências municipais em cada cidade cearense, mobilizando todo o Estado para a discussão sobre transparência e controle social. “A tarefa foi árdua, mas os resultados foram gratificantes. Foram realizadas 154 Conferências Municipais, sendo 150 delas homologadas pela CGU. Numericamente, nossa Conferência é maior que a Nacional. Esperamos que esta 1ª Consocial seja um marco para a transparência na gestão pública”, frisou.

Em seguida, o vice-governador Domingos Filho agradeceu aos presentes e a equipe de mobilizadores e organizadores da Conferência, que não mediu esforços para tornar a Consocial cearense a maior entre as realizadas nos demais estados brasileiros. Domingos Filho ressaltou ainda a importância das conferências municipais permitirem ao cidadão exercerem seu direito de controle social. “As conferências municipais promovem a criação de mecanismos de controle social de acordo com a realidade e necessidade do próprio município”, afirmou.

O coordenador-executivo nacional da 1ª Conferência Nacional, Fábio Félix, destacou a importância da Conferência estadual cearense no contexto nacional e parabenizou o Estado pela grande mobilização em torno do evento.  “A Conferência cearense é a última e a maior realizada nesta etapa estadual, antes da etapa nacional”, ressaltou.

Nesta quarta-feira (18), a Consocial terá seu segundo e último dia, quando serão realizados os trabalhos de priorização das diretrizes e propostas, além da eleição dos delegados que irão representar o Estado do Ceará na etapa nacional.

Kélia Jácome – Assessora de Comunicação (kelia.jacome@cge.ce.gov.br / 85 3101.3474)
Flávia Salcedo – Assistente de Publicidade e Redação (flavia.salcedo@cge.ce.gov.br / 85 3101.3474)
Twitter: @ComunicacaoCGE