EnglishFrenchPortugueseSpanish
EnglishFrenchPortugueseSpanish

CGE trabalha no fortalecimento do Sistema de Controle Interno do Estado em 2021

29 de dezembro de 2021 - 08:50

Ao longo do ano de 2021, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) buscou investir de forma intensiva no fortalecimento do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Estadual. Uma de suas ações mais marcantes foi a realização dos Encontros de Integração do Sistema de Controle Interno. Ao todo, a CGE, por meio de sua Coordenadoria de Controladoria, realizou 20 eventos, reunindo profissionais atuantes nas Assessorias de Controle Interno e Ouvidoria dos órgãos e entidades e auditores das Empresas Estatais do Estado.

Ainda no âmbito do fortalecimento do Sistema de Controle Interno, o órgão promoveu melhorias técnicas no Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) e no Sistema Corporativo de Gestão de Parcerias (e-Parcerias). O objetivo foi otimizar as rotinas de publicações de instrumentos congêneres do Estado.

Também foram realizadas capacitações e oficinas voltadas para a utilização dos sistemas, além da disponibilização de vídeos tutoriais no canal do Youtube da CGE, com o objetivo de sanar suas dúvidas a cerca das ferramentas.

Outras ações que marcaram o ano

Buscando estimular a cultura da integridade pública nos órgãos e entidades que compõem o Governo do Estado do Ceará, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) trabalhou, ao longo do ano de 2021, na implementação do Programa de Integridade do Poder Executivo.

Gerenciado pela equipe de Controladoria do órgão, o programa foi implementado em 18 instituições públicas estaduais. Foram elas: Semace, Sesa, Funece, SRH, Sema, CGE, CGD, Seduc, CBMCE, PMCE, SPS, SAP, Sedet, Sefaz, Secult, SSPDS, Adagri e Detran.

Ainda em 2021, a CGE atuou coordenando o Grupo Técnico de Gestão de Contas, responsável por auxiliar o Comitê de Gestão por Resultados e Gestão Fiscal (COGERF), trabalhou na construção de trilhas automatizadas, por meio da equipe do Observatório da Despesa Pública do Ceará (ODP. Ceará), e atuou no monitoramento do Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC), que tem como objetivo verificar o cumprimento dos requisitos fiscais necessários para à celebração de convênios e contratos de repasse por estados, Distrito Federal e municípios, seus órgãos e entidades e por organizações da sociedade civil.